sexta-feira, 25 de março de 2011

ganhos



"quem tem olhos pra ver o tempo soprando sulcos na pele

soprando sulcos na pele

soprando sulcos?

o tempo andou riscando meu rosto

com uma navalha fina

sem raiva nem rancor

o tempo riscou meu rosto com calma


(eu parei de lutar contra o tempo

ando exercendo instantes

acho que ganhei presença)"


(Viviane Mosé)
.

Nenhum comentário: