sábado, 5 de março de 2016

Ódio



Um colega meu acaba de me mostrar a ameaça recebida por alguém que discorda de sua opinião política. Ontem eu soube de uma mulher que foi coagida e humilhada pelas colegas de trabalho por causa da opção política de seu marido.
Pessoas que não tem condições técnicas para opinar têm apenas a violência como instrumento, seja ela verbal ou física. Por exemplo, você discorda de uma ideia mas, por falta de informações combativas, ataca a PESSOA que crê nessa ideia.
É assim que nascem piadas, montagens e paródias que destacam o lado PESSOAL de quem carrega as ideias das quais você discorda.
É assim que criamos preconceitos e ataques à etnia, religião, ideologia etc.
E é assim que começamos a matar a tolerância, o respeito e o direito do outro de dizer, de pensar, de ser.
Não existe DEBATE nas redes sociais, existem ofensas. E se o caos dessa semana continuar nesse ritmo, em menos de um mês teremos eclodido uma guerra.
Eu posso sequer suportar ouvir o que você pensa, mas isso nunca me dará o direito de te impedir de continuar.
Eu quero ser quem eu quero ser sem ter que morrer disso.


Nenhum comentário: