terça-feira, 21 de dezembro de 2010

e no mais, estou indo embora

e no mais,
um ano depois
ainda sinto falta
da sua boca
e no mais,
um ano depois,
manteve a porta aberta
e o sorriso que esconde
e no mais,
um ano depois,
mostrou que pode
mesmo com saudades
e no mais,
um ano depois,
acompanhou meu querer
aqui e nas linhas por ai
e no mais,
um ano depois
prefiro não opinar
sem optar, prefiro 2011
e no mais,
um ano depois
deixo que vá longe
porque sabes
que estás aqui do lado
e no mais,
um ano depois,
estou indo embora
volto,
sem saber quando,
mas volto

Um comentário:

Amanda Reis disse...
Este comentário foi removido pelo autor.