quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

janelas de ontem


ontem a noite, cairam pingos, ventou bastante, mas resolvi abrir a janela, várias delas...em uma encontrei alguém com quem nao proseava a teeeeeempos. como é bom saber que está feliz, que és uma versão bem acabada de tanta coisa que não fui. sem remorsos, apenas felicidade de saber que alguém pedala por vias exatas, faz do seu caminho algo prazeroso e gratificante.


em outra encontrei uma paixão perturbada. foi uma terapia, creio que para ambos. entre banguelas e desnorteados, nos salvamos e, de certa forma, ajudamos cada um a encontrar o sono à sua maneira. eu, porque ganhei um texto, ganhei não, compartilhei um textoespelhodaalma que cada mente inquieta deveria ter colado ao lado do espelho do banheiro ou pregado no teto para lermos em todo amanhecer. o ser do outro lado da janela ganhou uma reunião que definira uma msg que talvez ajude a retomar uma via interrompida de forma ... sem sentido




que sabe o que encontrarei na próxima curva?
não quero nada, não espero nada,
mas abrirei a janela hoje a noite.




2 comentários:

Amanda disse...

É, meu caro AGT....não é a toa que um texto teu olha pra mim diariamente, colado no guarda-roupas.

Amanda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.