sexta-feira, 2 de setembro de 2011

um pouco sobre esses tempos e um pedido renovado



e por falar em dia frio, quando volta a esquentar? sim, porque frio, gelado, dá na mesma que algo que falta na próxima página, apesar de muita gente gostar mesmo é quando faltam as emoções. ou pior, tem gente que gosta de viver na base do sabido, da mesmice, garantida noite hipócrita de sono a ter que dar a si mesmo uma realidade que valha a pena.

por aqui tá tudo bem. tudo bem de fato. aprendo a lidar com o que possam conceituar de problema, revertendo no mais nobre dos sentimentos. sigo adorando letras e as sacudidoras de palavras, aquelas pessoas que sabem o que é incitar o desejo e o não sabido só com o toque do trocar de letras e versos, embaralhamento de sílabas e outras tantas possibilidades de integrar-se à realidade de forma fantasiosa.

aprendi essa semana um pouco mais sobre tecnologia, um pouco mais sobre amizade, um pouco mais sobre diversidade.

descobri quão sábia é a integridade, descobri quão divertidos são os sorrisos mais ingênuos e quão mais ingênuos são aqueles que nos ouvem. bom saber que ouvir continua sendo uma tarefa saborosa, inteligente, sagaz.

levante a cabeça. não posso imaginar-te curtindo o chão.

Nenhum comentário: